Videos

Na conceituada cena de Hip-hop made in Curitiba, “feito em Curitiba”, que está na cabeça de quem ouve e aprecia rimas e batidas, Cabes é um dos principais expoentes. MC, beatmaker, produtor, coordenador do selo Track Cheio e produtor cultural, são algumas das atividades que exerce desde que a paixão pelo rap o contaminou no final dos anos 90.

Na estrada percorrida por vários estados, já compartilhou palcos com grandes nomes do cenário nacional: Parteum, Kamau, Marechal, Mamelo Sound System, Elo da Corrente, Max B.O, Speed, Nitro Di, Subsolo, Flora Matos, Rapadura e até o pai do Hip-Hop, Afrika Bambatta

Em “Para Onde As Pessoas Vão”, seu mais recente trabalho, Cabes manteve o foco nas produções sonoras e na construção de poesias mais urbanas. O resultado foi a produção de um álbum que se destaca de outros trabalhos do cenário nacional por aliar uma sonoridade singular a uma forma elaborada de falar sobre a importância de seguir seu coração nas atitudes e decisões tomadas na vida de cada um

Nas 18 faixas do álbum somam nas rimas com Cabes: Terra Preta, Luis Cilho, Belkis Goulart, Janine Mathias, Thiago Ramalho, Marcus Neguers e Alienação Afrofuturista. A produção das batidas fica por conta de representantes de destaque da cena curitibana: Cilho, Nave, Laudz, Dario, Léo Spk, Dingo, Ban, além do produtor paulista DJ Caíque, do catarinense Menor, e do próprio Cabes. E como disco de Rap que é “Para Onde As Pessoas Vão” conta com os DJ´s: Jeff Bass, Flem, Morenno e Willian (SP) participando com seus scratchs e colagens.

Em busca de evolução sonora, Cabes estudou teoria musical e técnica vocal no Conservatório de MPB de Curitiba. Em suas buscas musicais de LPs e samples para as produções, aprendeu a apreciar mestres como Valtel Branco, Arthur Verocai, Stevie Wonder, Quincy Jones entre outros

Montou em 2005 com Luis Gustavo “Cilho” o estúdio independente Track Cheio, que já lançou mais de 40 trabalhos de MCs, Djs e produtores. EPs, CDs, mixtapes, singles e coletâneas fazem parte do catálogo da produtora que vem construindo uma parte da História do Rap em Curitiba e no Brasil.

Essa dedicação para elevar o RAP de Curitiba a nível nacional de uma forma independente (no melhor estilo do-it-yourself) vendeu 2000 cópias em poucos meses e vem conquistando o público, sendo premiado em 2011 pelo “Prêmio Paraná Hip-Hop”, eleito por voto popular como destaque de “produtor musical” e com a Track Cheio, que ganhou o destaque de “selo/gravadora”. Na mídia o destaque veio por meio da exibição do vídeo-clipe “O Céu Parece o Mar” nas redes nacionais MTV e Mix TV, participação em programas de TV como Gaz+ (ÓTv), Upload (Tv Transamérica) e mais recentemente protagonizou a capa da Gazeta do Povo.

Junto à crescente aceitação do Rap e expansão da cultura Hip-Hop no Brasil, Cabes é um artista que faz parte dessa evolução, seguindo o caminho “Pra Onde As Pessoas Vão”.

Comprar